ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

VOCAÇÃO SACERDOTAL



TEMA: “O ESPÍRITO DO SENHOR ESTÁ SOBRE MIM PELO QUE UNGIU"  
“Considerai a vossa dignidade, irmãos sacerdotes, e “sede santos porque Ele é Santo(Lv 11,44)! E assim como o Senhor Deus vos honrou acima de todos, amai-O, reverenciai-O, louvai-O! É uma grande desgraça e uma lamentável fraqueza se vós, tendo-o assim presente, ainda vos preocupais com qualquer outra coisa no mundo inteiro. Pasme o homem todo, estremeça a terra inteira, rejubile o céu em altas vozes quando, sobre o altar, estiver nas mãos do sacerdote o Cristo, Filho de Deus Vivo. (7 ct 23-25).
 
REFLEXÃO
Normalmente quando se fala em vocação, logo se pensa no padre, no sacerdote. É a mais conhecida. O padre sempre faz parte da família cristã. Sendo aceito ou não, ele tem seu lugar na comunidade e no inundo cristão. Está diretamente relacionado com a família, porque é ele quem batiza, reconcilia as pessoas entre si, alimenta pela Eucaristia, abençoa o matrimônio, unge na enfermidade e é sinal profético de justiça no mundo de hoje.
Conforme o “Rito de Ordenação de um Presbítero” podemos encontrar as funções do sacerdote: Cristo escolheu discípulos para serem sacerdotes em favor dos homens. Ainda que todo o povo de Deus, seja em Cristo, um sacerdócio régio, o nosso Sumo e Eterno Sacerdote, Jesus Cristo, escolheu alguns discípulos para exercerem em seu nome, e publicamente, na Igreja, o ofício sacerdotal em favor dos homens. Os bispos, sucessores dos Apóstolos continuam a missão de Cristo, Mestre, Sacerdote e Pastor. Os sacerdotes cooperam com os bispos nesta função.
Os sacerdotes transmitem a palavra de Deus, santificam o povo de Deus sobretudo pela celebração da Missa, pelos sacerdotes e, como bom pastor, devem sempre servir aos irmãos mais necessitados. São os serviços, as funções.
Esses serviços nunca se esgotam enquanto os homens estiverem longe do Plano de Deus. A vocação sacerdotal é o chamado urgente da parte de Deus para santificar e orientar o povo de Deus. É convocado para lembrar que o povo deve ser sinal e viver a vontade divina neste mundo. Sua presença deve irradiar justiça, sua palavra deve traduzir esperança e coragem, sua ação deve transformar a sociedade. Ele é líder, orientador, animador, confortador no meio do povo. Tem a graça de Deus e por isso é um ser inquieto na busca da paz para todos. Se ele comunica a vontade de Deus ao povo é, em primeiro lugar, um homem de Deus. Tem como disciplina de vida, a oração constante, amor à oração, espiritualidade firme e decidida. Senso de justiça, equilíbrio sob o aspecto humano e espiritual. Por isso, é sempre lembrado e dele se exige tudo. É feliz porque tem como objetivo levar felicidade para as pessoas. É querido porque toca na alma humana, e é odiado por tantos porque prega a justiça e denuncia o desamor. Ele vive a humanidade neste mundo e é feliz, enquanto a humanidade cristã não puder ser feliz, ele tem o serviço de estar presente para ajudar na busca de felicidade. É escolhido, é agraciado e é ungido para proteger e salvar toda a humanidade. Ele age na família, nas comunidades de fé, nos movimentos populares, nas organizações da sociedade, nas escolas, nos hospitais. Enfim é convocado para viver lá onde o ser humano carece de ajuda e de justiça. Por isso, não é uma vocação para qualquer um, e menos ainda, para quem quer apenas título. É para quem foi escolhido e está decidido a ser esse sinal de serviço no mundo. Mas, quem foi escolhido pode ir com coragem porque o Senhor está com ele e nada lhe faltará.
 
PARA REFLETIR
a Como o padre atua em sua comunidade?
b. Que conceito você faz da figura do padre?
e. Que tipo de padre o mundo precisa?

 

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores