ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

VOCAÇÃO DO LEIGO


 “FAMÍLIA: IGREJA DOMÉSTICA”
Quando nasce uma criança, surgem duas perguntas: 'qual o nome da criança e quem serão os padrinhos'? Já está dentro dos costumes, já faz parte do rito do nascimento. Mesmo não sabendo o sentido, mas batizar é preciso. O batismo é o primeiro Sacramento, segundo nascimento, filiação divina, incorporação na vida em Jesus Cristo, graça santificante. O batismo é o chamado de Deus para a santidade. Toda a família é convidada a participar deste Sacramento. Todos são incorporados em Jesus Cristo. A família passa a ser a Igreja Doméstica. Procura-se viver em harmonia o sinal do amor de Deus no lar. A Igreja quer ser este sinal de amor de Deus. É a essência da própria Igreja viver este sinal.
REFLEXÃO
Todo ser humano tem, no seu íntimo, na sua essência, o desejo de felicidade. E o amor passa a ser esse caminho de felicidade. Entre o homem e a mulher que são atraídos para a convivência, a sexualidade está a serviço, um meio para este amor. Esta convivência se realiza pela comunhão e participação. Assim podemos entender que o amor cristão une a família por vínculo de fidelidade e solidariedade. No crescimento harmonioso dentro do lar, o humano cresce de tal forma que, se torna a alma da família. Deus passa a conviver neste lar e, pais e filhos se sentem protegidos pelo mesmo Deus.
A vocação leiga, tem, assim por dizer, a primeira tarefa: harmonizar e solidificar uma convivência mútua e forte. É um chamado para que o amor possa florir da melhor maneira possível. O crescimento é algo vital. Entre esposos e filhos a busca da realização pessoal perpassa toda a necessidade da família. “É confortador verificar que são numerosos os cristãos que procuram viver sua fé no ambiente familiar, dando valiosos testemunhos evangélicos, educando com generosidade a sua família, mesmo numerosa”.(CNBB n2 18). “A Igreja, hoje, está voltada à família porque bem sabe o quanto representa. A família é a Imagem de Deus que no seu Ministério mais íntimo não é solidão, mas uma família”. Sendo o casal santificado pelo Sacramento do Matrimônio é um Evangelho da presença pascal do Senhor. “É por isso, que a família deve colocar-se a serviço da edificação do reino de Deus na história, sendo fermento no mundo e participando da vida eclesial”. (Formação de Animadores Vocacionais - Inter-Diocese Norte-Regional Sul III pág. 49). 
No matrimônio, o germe, o princípio de toda a vida humana, é o caminho escolhido pela maioria absoluta para a busca da salvação. O leigo além de optar pelo niatrirnônio, também pode optar pela vida solteira. Igualmente tem dentro de si o projeto salvifico de Deus. Esta vocação leiga, tem suas atividades, funções, para no seu mundo trabalhar e ser sinal do amor de Deus. Os serviços podem ser classificados de duas maneiras que se complementam entre si: serviços na Igreja e serviços na sociedade. Os ministérios, os serviços de Igreja são as atividades que beneficiam a comunidade de fé e que projetam a própria salvação. Como as atividades profissionais passam a ser a necessidade do sustento e do poder de domínio sobre a criação. É também a garantia da sobrevivência, bem como capacidade intelectual de dinamizar o mundo criado por Deus. O mesmo Deus que colabora na salvação de todo gênero humano. 
O leigo, com a graça de Deus, em comunhão, como membro vivo da Igreja, vive o grande sinal: o Reino de Deus já está no meio de nós.
PARA REFLETIR

a) Na sua comunidade de fé e na sua família, que sinais existem de que o Reino de Deus está entre nós?
b) O que precisa melhorar em sua comunidade e em sua família para que seja um sinal do amor, da paz e da justiça de Deus?

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores