ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

COMO SE FOSSEM JOGRAIS


Francisco se deu conta de que não devia cantar só para si e que, apesar de sua voz estar cansada, seu canto poderia servir para que muitos louvassem ao Senhor. Por isso mandou chmar Frei Pacífico, o irmão que melhor sabia tocar a cítara e que melhor voz tinha. E lhe ensinou como pode a canção que havia composto e  pediu que fosse cantá-la com outros dois ou três irmãos, pelas praças das cidades, como se fossem jograis.
Por isso então, chegou à cabana de São Damião a notícia do escândalo, que era o falatório do dia em Assis. As maiores autoridades da cidade, a religiosa e a civil, declararam guerra entre si. A antiga polêmica entre o Bispo Guido e o Prefeito Berlinguério havia recrudescido com caracteres alarmantes. À excomunhão lançada pelo Bispo contra o Prefeito, este respondeu proibindo a todos os assistentes de manter negócios com o Prelado.
Francisco compreendeu que a situação era grave pelas funestas consequências que a ela se seguiriam e sentiu tristeza ao ver-se impossibilitado para sair a pregar ou fazer alguma coisa que pudesse solucionar tão vergonhoso conflito. Mas pensou que não deveria permanecer inativo. Então acrescentou a seu canto estas estofres:
"Louvado sejas meu Senhor por quem perdoa por amor, pelos que suportam enfermidades e tribulações. Bem-aventurados aqueles que preservam na Paz, porque por ti, Altíssimo serão coroados".
Os irmãos jograis voltaram a Assis e se apresentaram diante do Bispo e do Prefeito, como embaixadores do irmão Francisco entoando diante deles o Cântico com as novas estrofes. Pouco depois Assis voltou a viver um clima de reconciliação e de paz.

PARA REFLETIR:

54. Se Francisco se serviu da música para ser instrumento de reconciliação, que outros meios simples poderias empregar hoje para conseguir a paz em tua cidade, teu país e no mundo?


Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores