ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

A NOITE EM GRÉCIO


A Regra foi aprovada pelo Papa ao final do ano de 1223. O fato tornou-se como que um remédio para a alma de Francisco. Aos poucos as densas nuvens interiores foram se aclarando e mostraram-se horizontes ilimitados de paz em seu espírito. A Regra talvez não tivesse ficado como era do seu agrado, porém, estava convencido de que, com ela, seria assegurada uma mais prolongada felicidade dos primeiros dias. De qualquer maneira, agora, sentia menos pesada sua responsabilidade de fundador. Este alívio interior ajudava-o a tolerar com mais serenidade os vários achaques que lhe afligiram o corpo.

De Roma foi para o Vale de Rieti e, como se aproximava a festa de Natal, naquele ano quis celebrá-lo do modo como sempre havia desejado fazê-lo: ao vivo, com um nenê de verdade, com um pai e uma mãe de verdade, com um boi e um burro de verdade, numa gruta de verdade... e essa gruta estava construída, como se o fosse para a ocasião, defronte à aldeia de Greccio. Cheio de entusiasmo preparou tudo.

Nunca mais se esquecerá a noite desse 24 de dezembro: vieram camponeses com tochas acesas de todas as partes. O campo encheu-se de luz e de canções. As estrelas tremiam no céu. Baliam os cordeiros. As predras da gruta pareciam douradas por causa da luz das tochas. Francisco cantava, sorria; todo o seu semblante estava luminoso. Ainda que o tivesse querido poucas vezes fazer, nesta, quis exercer as funções de diácono. Vestido de dalmática entoou o Evangelho e em seguida pregou de tal forma que, em todos, despertou sentimentos de ternura. Falou de um mistério inaudito, de um Deus altíssimo e poderoso que, para manifestar-nos seu amor, se fez uma criança pobre, frágil e indefesa, filho de uma mãe pobre e humilde. Disse que nessa noite, o céu se havia unido com a terra e a terra se tornara caminho do céu. Disse que, desde então, havia encontrado uma razão para viver.

PARA REFLETIR

48. Naquilo que Francisco disse na celebração de Greccio encontrava-se a principal razão dessa festa para Francisco. Expressa-a com tuas próprias palavras.

São importantes as celebrações populares como a de Greccio? Por que?

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores