ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

ENTRE AS MONTANHAS E O POVO

Não foram poucas as dificuldades de que Francisco teve que se livrar para animar e acompanhar a decisão de Clara e, acima de tudo, para defendê-la dos ataques sofridos da parte de sua própria família. O Senhor, porém, ia guiando seus passos. Foram logo várias as jovens de Assis que seguiram o exemplo de Clara. Entre elas, a primeira foi sua irmã Catarina, chamando-se desde então Inês. 
Ao final daquele mesmo ano, elas já estavam residindo no conventinho de São Damião, junto à capelinha que Francisco havia preparado. 
Pouco tempo depois, Francisco saiu para pregar na região da Toscana. Como sempre, também desta vez, o acompanhava um dos irmãos. Estando eles um dia nas imediações de Montefeltro, souberam que ali se celebrava uma festa: alguém ia ser armado cavaleiro. Vieram senhores importantes, cavaleiros, trovadores e muita gente simples do povo. Francisco também quis ir. Ele gostava da alegria das festas, mas sobretudo, gostava da oportunidade que elas oferecem de se encontrar com o povo. esteve muito animado na ocasião, conversando com todos. Teve até oportunidade de exibir seus dotes de jogral recitando versos improvisados. 
Foi ali que ele conheceu o Conde Orlando de Chiusi. Era um homem rico e generoso que apoiou o projeto de Francisco depois de conhecer a sua simpatia. Descobriu, quem sabe de relance, as muitas dimensões de sua alma e por isto ofereceu-lhe o Monte Alverne, um monte elevado, escarpado e solitário que emergia sobre as terras que possuía no pequeno vale de Consentino. Nenhum outro lugar seria mais apto para o retiro e a oração. 
Francisco aceitou feliz a oferta e foi de imediato ao altivo bosque. Permaneceu ali vários dias rezando. Nesta ocasião, seu interior entrou em conflito. Ele ainda não via claro se deveria dedicar-se totalmente à pregação ou se devia das asas aos fortes impulsos contemplativos de sua alma. Preferiu, por isso, consultar seus irmãos, em especial Frei Silvestre que era homem de intensa oração, e a prudente Clara a quem conhecia tanto. A resposta foi unânime: sua vida deveria ser um constante vai e vem entre as montanhas e o povo. 

PARA REFLETIR:

39. Como vês Francisco indo a uma festa popular? O que significia este "vai-vem" entre as montanhas e o povo?

      Por que é tão importante a resposta de Clara e de Silvestre?

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores