ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

ENCONTRO COM O EVANGELHO

Francisco, depois de reconstruir a igreja de São Damião, entendeu que devia continuar na profissão de construtor. Restaurou a capela de São Pedro, bem perto dos muros de Assis e, mais tarde, a de Santa Maria da Porciúncula situada no meio do vale, atrás de um espesso bosque. Nesta última, sentia-se muito bem e decidiu permanecer ali. Por causa disto construiu, bem junto dela, uma pequena choupana para dormir. Além do mais, ficava bem perto dali o hospital de São Salvador, onde estavam os seus amigos leprosos, com os quais passava longas horas e até semanas inteiras.

Haviam transcorrido já muitos meses, quase três anos, desde que Francisco começou a levar este gênero de vida. Ao longo deste tempo, viveu muitas experiências, algumas muitos felizes e outras bastante dolorosas, que foram temperando sua alma e o fizeram mudar. Agora não era mais esse lucro que improvisava sempre outra aventura, como muitos haviam dito, nem o romântico sonhador como se podia imaginar no início.

Francisco demonstrava que sabia o que fazia. Porém, o melhor de tudo, era que ele se sentia feliz em seu processo de busca. E que era um processo demonstra-o o que lhe aconteceu na manhã do ano de 1208, depois da Missa que foi celebrada na Porciúncula.

Procurou o padre que tinha vindo a Abadia do Subásio e pediu que lhe explicasse o Evangelho que fora proclamado na celebração. Assim que entendeu que os discípulos de Jesus não devem possuir ouro, nem prata, nem trazer duas túnicas, nem sandálias, nem bastão, nem alforje e que devem pregar a paz e a penitência, sentiu que uma forte luz iluminou todo o seu interior e exclamou resolutamente: "Isto é o que eu buscava e isto é o que eu farei!". 


PARA REFLETIR

27. Por que é importante o encontro de Francisco com o Evangelho dentro de seu processo vocacional?

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores