ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

AQUELE QUE VIVIA A VERDADE



Em seu assíduo mendigar, Francisco logo encontrou amigos entre outros esmoleres que andavam pelas ruas de Assis. Compartilhava com eles muitas vezes o que recolhia e não poucas também trabalhava com eles transportando pedras e levantando muros.

Já eram vários os habitantes de Assis que o tratavam com carinho e que o admiravam também. Muitos jovens começaram a olhá-lo com um secreto interesse.

Entre estes havia uma jovem, de família nobre, de nome Clara Favarone. Tinha apenas treze anos, mas já sabia brilhavam nela os encantos de uma mulher bonita e os traços de uma personalidade muito definida. Vivia no palácio dos Condes de Scifi, a cujas janelas vinha para discretamente observar o filho de Pedro Bernardone, do qual se falava tanto. Ela ficava fascinada ao vê-lo passar simplesmente vestido, mas com o rosto iluminado por uma alegria indescritível, entoando em língua francesa canções para angariar pedras.

Gostava de vê-lo e escutá-lo porque nele percebia um não sei quê de autêntico. Parecia-lhe que Francisco havia encontrado a verdade; que ele vivia a verdade. Nele não havia fingimentos, nem gestos ensaiados, nem formalismo, nem enganos sociais... e via-o feliz. Tudo tão diferente – pensava ela – do que via em sua casa, entre os nobres de sua classe, e entre os burgueses que conhecia...

PARA REFLETIR



25. Anota a frase deste episódio que mais te agradou e explica por que.

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores