ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

SOLUÇÃO FÁCIL PARA SÃO DAMIÃO

          Durante uma de suas andanças pelos arredores de Assis, numa manhã de janeiro, surpreendeu-se rezando na capelinha semidestruída de São Damião. Estava prostrado silenciosamente diante do crucifixo pintado que pendia da parede do fundo. Já haviam passado muitos dias desde o que ocorreu no acampamento de Espoleto e ainda não sabia para que regressara a Assis. O Senhor ainda não lhe dizia com clareza "o que devia fazer".
          De repente, enquanto olhava fixamente o rosto sereno de Cristo, pareceu-lhe que, com seus grandes olhos, mostrava-lhe as paredes arruinadas e compreendeu como de relance "o que devia fazer": reparar a Igreja.
          Nesta tarde regressou de Foligno sem cavalo, porém, cantando muito feliz e com um bolso cheio de moedas. Era o preço dos cortes de brocado tirados da loja de seu pai e do cavalo, vendidos na feira de São Feliciano.
          O velho sacerdote não quis aceitá-lo. Preferia a igreja em ruínas do que enfrentar a indignação do avarento Pedro de Bernardone. Por outra parte, tudo aquilo ressoava como mais uma loucura do filho do negociante.
          Um pouco decepcionado por ver frustrada sua generosidade, resolveu jogar o dinheiro num canto, pois, não era para uso seu o que havia conseguido. E mais, em última análise, era uma solução fácil aquela de reparar igrejas com o dinheiro de um rico comerciante, como ele mesmo pensou alguns dias mais tarde quando estava mais sereno.

PARA REFLETIR:

19. A presença de Francisco em São Damião responde a uma exigência dentro de seu processo vocacional. Qual era esta exigência? Tu também sentiste exigência como esta?

      Qual poderia ser hoje "uma solução fácil" semelhante à que Francisco teve a intenção de dar, para resolver determinados problemas?

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores