ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

FRANCISCO DE ASSIS


Francisco de Assis - Jacques Le Goff
Autor
Jacques Le Goff
Editora
RECORD
Ano de Edição
2001
Nº de Páginas
251


Resumo da Obra

Primeira Parte

Para entender Francisco é preciso antes compreender a realidade histórica em que ele nasceu e viveu.
No período que Francisco nasceu, o ociedente (medieval) estava marcado por um desenvolvimento. Há, então, uma explosão demográfica. O progresso rural é o primeiro. Ocorre também o incastelamento, onde as pessoas passam a se aglomerar em torno das Igrejas e castelos. A partir desses desenvolvimentos demográficos e econômicos ocorre um movimento de urbanização. Daí a cidade passa a ser o principal lugar das trocas econômicas, tendo como meio essencial a moeda. Com a quantidade demasiada de moedas surge a necessidade de cambistas, que vão se tornar banqueiros, substituindo a função dos mosteiros.
Diante dessa evolução toda a Igreja dá uma resposta com esforços de adaptações às mudanças que estão ocorrendo. Percebem-se as novas Ordens religiosas que pretendem voltar à Regra original de São Bento (trabalho manual); e ainda, a adoção da Regra de Santo Agostinho que permitia aos cônegos agostinianos combinarem a vida comum a ascese individual e o apostolado paroquial. Com tantas mudanças a Igreja começa a dar novas formas doutrinais e religiosas. A doutrina que mais evoluiu foi em relação ao pecado e os sacramentos. Em meio a tantas transformações a Igreja se confronta com movimentos heréticos emergentes.
Francisco sempre viveu na cidade; era filho de comerciante. E no período urbano que ele desenvolve primeiramente o seu apostolado. Queria mostrar, ou melhor, levar à pobreza onde a mentalidade estava na economia; também falava de paz onde o sentido desta era deturpado em meio as guerras entre Assis e Perúsia. Porém, Francisco não se prendia na ação urbana, mas buscava o retiro eremítico. Agia no meio dos homens e buscava forças na solidão. A partir da sua disponibilidade em “deixar Assis”, tinha uma ótica oposta a realidade hodierna, - enquanto a sociedade se imobilizava e se instalava, ele propõe a estrada e a peregrinação – firmando assim seus passos na busca do Bem Absoluto.

Questões para Refletir:

1. Quais os principais desafios presentes em nossa realidade social nos dias de hoje? Quais os caminhos que busco – dentro dos princípios cristãos – para responder a estes desafios?

2. Qual o sentido do termo “deixar Assis” para São Francisco? E qual “Assis” preciso deixar para consolidar a proposta evangélica na minha vida?

As respostas poderão ser publicadas no próprio blog ou enviadas pelo e-mail: savocfranciscano@gmail.com. Em breve publicaremos a continuação do resumo da Obra.

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores