ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

CAPÍTULO IX


Como São Francisco ensinava Frei Leão a responder, e ele nunca pôde dizer a não ser o contrário do que Francisco queria.

Estando São Francisco uma vez, no começo da Ordem, com Frei Leão em um lugar onde não tinham livros para dizer o Ofício divino, quando chegou a hora das matinas, São Francisco disse a Frei Leão: “Caríssimo, nós não temos breviário com o qual possamos dizer as matinas mas, para que usemos o tempo para louvar a Deus, eu direi e tu me responderás como eu vou te ensinar; e cuidado para não mudares as palavras de maneira diferente do que eu vou te ensinar.

Eu direi assim: Ó Frei Francisco, tu fizeste tantos males e tantos pecados no século que és digno do inferno; e tu, Frei Leão, responderás: É verdade que tu mereces o inferno profundíssimo”. E Frei Leão, com a simplicidade de uma pomba, respondeu: “De boa vontade, pai; começa em nome de Deus”, Então São Francisco começou a dizer: “Ó Frei Francisco, tu fizeste tantos males e tantos pecados no século, que tu és digno do inferno”. E Frei leão respondeu: “Deus fará por ti tantos bens, que tu irás para o Paraíso”. São Francisco disse: “Não digas assim, Frei Leão, mas quando eu disser: Frei Francisco, tu fizeste tantas coisas iníquas contra Deus que és digno de ser amaldiçoado por Deus; e tu responderás assim: Verdadeiramente tu és digno de ser colocado entre os malditos”. E Frei Leão respondeu: “de boa vontade, pai!”. Então São Francisco, com muitas lágrimas, suspiros e batidas no peito, disse em alta voz: “Ó Senhor meu do céu e da terra, eu cometi contra ti tantas iniqüidades e tantos pecados, que por tudo sou digno de ser amaldiçoado por ti”. E Frei Leão respondeu: “Ó Frei Francisco, Deus vai te fazer tal que, entre os benditos, vais ser especialmente bendito”.

E São Francisco, maravilhando-se de que Frei Leão respondia sempre o contrário do que havia imposto, repreendeu-o dizendo: “Por que não respondes como eu te ensino? Eu te mando por santa obediência que tu respondas como eu te ensinar, Eu direi assim: Ó Frei Francisco, mauzinho, pensas que Deus vai ter misericórdia de ti? Pois tu cometeste tantos pecados contra o Pai da misericórdia e Deus de toda consolação,que tu não és digno de encontrar misericórdia. E tu, Frei Leão, ovelhinha, responderás: De modo algum és digno de encontrar misericórdia”. Mas depois, quando São Francisco disse: “Ó Frei Francisco, mauzinho”etc.; Frei Leão respondeu: “Deus Pai, cuja misericórdia é infinita mais do que o teu pecado, fará contigo grande misericórdia e sobre ela te acrescentará muitas graças”.

Com essa resposta, São Francisco, docemente irado e pacientemente perturbado, disse a Frei Leão: “E por que tiveste a presunção de agir contra a obediência, e já respondeste tantas vezes o contrário do que eu te impus?”. Frei Leão respondeu muito humilde e reverentemente: “Deus sabe, meu pai, que todas as vezes eu decidi no coração que ia responder como me mandaste, mas Deus me faz falar como agrada a Ele e não como agrada a mim”.

Do que São Francisco se maravilhou, e disse a Frei Leão: “Eu te peço encarecidamente que tu me respondas desta vez como eu te disse”. Frei Leão respondeu: “Diz, em nome de Deus, que desta vez eu vou responder como tu queres”. E São Francisco disse entre lágrimas: “Ó Frei Francisco mauzinho, pensas que Deus tenha misericórdia de ti?”. Frei Leão respondeu: “Antes, vais receber uma graça grande de Deus, ele vai te exaltar e te glorificar para sempre, pois quem se humilha será exaltado. E eu não posso dizer outra coisa, pois Deus fala pela minha boca”.

E assim, nessa humilde contenda, com muitas lágrimas e com muita consolação espiritual, velaram até chegar o dia.

Para louvor de Jesus Cristo e do pobrezinho Francisco. Amém.

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores