ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

Francisco de Assis - Jacques Le Goff


PARTE III

Francisco ainda estava vivo quando iniciaram na Ordem algumas contrariedades de pensamentos. Por causa delas Francisco volta da viagem à Terra Santa e começa a redigir uma nova Regra. Ainda por causa delas, deixou a Ordem nas mãos de pedro Catani, e depois da morte deste, nas mãos de Frei Elias. Surgiram duas tendências, na qual a dos espirituais exigia dos frades menores a prática de uma pobreza geral, coletiva e individual; guardava distância da Cúria Romana, por suspeita de pactuar com o século. Já os conventuais acreditavam na necessidade de adaptarem o ideal de pobreza a evolução da Ordem e de não dispensarem por qualquer influencia exterior os muitos que se voltavam para os frades e ainda procuravam ver na Santa Sé a verdade e autoridade de uma Igreja da qual a Ordem pertencia. E assim, esses grupos escrevem várias biografias sobre São Francisco, atribuindo-lhe palavras e atitudes concernentes a suas posições. Mas o início da busca do verdadeiro São Francisco acontece depois com uma obra de um protestante chamado Paul Sabatier, em 1894.


Na busca do verdadeiro ideal de Francisco surgem dois ramos na fraternidade primitiva: o ramo dos Espirituais e o ramo Conventual. E para você? Onde você consegue perceber o traço de Francisco na vivência franciscana?

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores