ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

CAPÍTULO L


Como, dizendo missa no dia dos mortos, Frei João do Alverne viu muitas almas libertadas do purgatório. 


Dizendo uma vez o dito Frei João a missa no dia seguinte a Todos os Santos por todas as almas dos mortos, como a Igreja mandou, ofereceu com tanto afeto de caridade e com tanta piedade de compaixão aquele Santíssimo Sacramento (que por sua eficácia as almas dos mortos desejam sobre todos os outros bens mais do que tudo se possa fazer por elas) que ele parecia estar sendo todo derretido pela piedade e caridade fraterna. Por isso, naquela missa, levantando devotamente o corpo de Cristo e oferecendo-o a Deus Pai, implorando-lhe que por amor de seu bendito filho Jesus Cristo, que para recomprar as almas tinha pendido na cruz, que lhe aprouvesse libertar das penas do purgatório as almas dos mortos, por ele criadas e recompradas.
Imediatamente ele viu um número quase infinito de almas saindo do purgatório, como inumeráveis fagulhas de fogo que saem de uma fornalha acesa, e viu-as subir para o céu pelos méritos da paixão de Cristo, que todos os dias é oferecido pelos vivos e pelos mortos, naquela sacratíssima hóstia, digna de ser adorada in saeculasaeculorum.
Para louvor de Jesus Cristo e do pobrezinho Francisco. Amém.

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores