ANIVERSARIANTES DO MÊS

ANIVERSARIANTES DO MÊS

Tradutor - Translator - Traduttore - Traductor - Traducteur - Übersetzer - переводчик - 翻译 - 翻訳者

CAPÍTULO XLVI




Como Frei Pacífico, estando em oração, viu a alma de Frei Húmilis seu irmão ir para o céu. 

Na dita província da Marca, depois da morte de São Francisco, houve dois irmãos na Ordem; um se chamava Frei Húmilis e o outro, Frei Pacífico; os quais foram homens de grandíssima santidade e perfeição. Um, Frei Húmilis, estava no lugar de Soffiano e aí morreu. O outro estava de família em um outro lugar muito longe dele. Como aprouve a Deus, um dia Frei Pacífico, estando em oração num lugar solitário, foi arrebatado em êxtase e viu a alma de seu irmão Húmilis indo direito para o céu, sem nada que a retivesse ou impedisse; nessa hora, estava partindo do corpo.
Aconteceu que, depois de muitos anos, esse Frei Pacífico que sobrou, foi posto de família no mesmo lugar de Soffiano, onde seu irmão tinha morrido. Nesse tempo, os frades, a pedido dos senhores de Bruforte, mudaram o seu lugar por outro. Por isso, entre outras coisas, eles transladaram as relíquias dos santos frades que tinham morrido naquele lugar. Chegando à sepultura de Frei Húmilis, seu irmão Frei Pacífico pegou os seus ossos e os lavou com bom vinho envolveu-os em uma toalha branca e com grande reverência e devoção, beijava-os e chorava. Por isso os outros frades se maravilhavam e não achavam que era bom o seu exemplo pois, sendo ele um homem de grande santidade, parecia que chorava seu irmão por um amor sensual e secular. Também, que demonstrava mais devoção pelas suas relíquias do que pelas dos outros frades, que tinham sido de santidade não menor que a de Frei Húmilis, e eram tão dignas de reverência quanto as suas.
Sabendo Frei Pacífico da sinistra imaginação dos frades, quis satisfaze-los com humildade e disse: “Meus irmãos queridos, não vos maravilheis se pelos ossos de meu irmão eu fiz o que não fiz para os outros, pois que, bendito seja Deus, não fui levado pelo amor carnal, como credes. Fiz isso porque, quando meu irmão passou desta vida, estando eu a orar num lugar deserto e afastado dele, via sua alma sair diretamente para o céu. Por isso estou certo de que seus ossos são santos e devem estar no paraíso. E se Deus me tivesse concedido tanta certeza dos outros frades, eu teria feito a mesma reverência aos seus ossos”.
Por esse motivo, os frades, vendo sua santa e devota intenção, ficaram bem edificados por ele e louvaram a Deus, que faz coisas tão maravilhosas para os seus santos frades.
Para louvor de Jesus Cristo e do pobrezinho Francisco. Amém.

Nenhum comentário:

VISITANTES

QUEM SOMOS?

Com certeza você já ouviu falar de nós. SOMOS OS FRANCISCANOS, os irmãos menores. Com estas três palavras quase que lhe dissemos tudo: somos seguidores de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis; procuramos ser irmãos de todos, homens e mulheres, crianças e adultos, plantas e animais; e, além disso, com humildade, alegria e com poucas coisas materiais. Outra coisa que lhe convém saber, é que nós, franciscanos, trabalhamos nas mais variadas áreas, conforme as competências e formação de cada um e as necessidades da Ordem, da Igreja e do povo de Deus no mundo. Procuramos ser peregrinos e forasteiros, pacíficos e humildes, e assim vamos pelo mundo sem nada de próprio, trabalhando com fidelidade e devoção, conforme nos exigem as realidades e necessidades do nosso tempo. Seguindo os passos de Cristo pobre, humilde e crucificado, que reuniu os discípulos em torno de si e lhes lavou os pés.

Nós, frades menores, vivemos em fraternidade, no serviço e no dom recíproco. Queremos continuar anunciando a mensagem de Paz e Bem ao mundo na simplicidade e união fraterna.

Tem um lugar para você aqui também!

Conhecer não te compromete!

Acertar te realiza!

DEIXE AQUI O SEU E-MAIL PARA RECEBER NOTÍCIAS

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores